Sem patrocínio Festa do Trabalhador não será realizada este ano

Em 2015 a cidade de Marília não terá a Festa do Trabalhador, promovida consecutivamente desde 2007, realizada no dia 1º de maio e presente no calendário oficial de Marília. O motivo, segundo Irton Siqueira Torres presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Marília e Região e coordenador regional da Força Sindical Marília, é financeiro. “O patrocínio que já existia desde 2007 foi enxugado e dificultado. Além disso, não conseguimos novas parcerias”. afirma Irton Siqueira, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos e membro da organização da festa.
Todos os anos, os sindicatos conseguiam patrocínio de indústrias e empresas de diversos ramos do município. O atual contexto de crise econômica e enxugamento de mão-de-obra que atinge todos os setores dificultou a captação de recursos financeiros para a festa. De acordo com Irton Torres, seria necessário um valor de 80 a 90 mil reais para realizar a nova edição do evento, com uma estrutura que incluiria palco, iluminação, segurança, atrações musicais e sorteio de prêmios, como moto e carro zero.
“Na nossa visão, os trabalhadores merecem uma grande festa. Por isso, desistimos de promover um evento pequeno, de caráter simbólico”, lamenta Irton, anunciando que as ações para garantir a festa de 2016 já começaram.
No ano passado, o evento chegou a reunir em torno de 50 mil pessoas e ofereceu cinco atrações musicais e sorteio de prêmios, entre eles um carro, duas motos zero quilômetro, televisores e bicicletas. A festa contou com a presença de sete sindicatos: alimentação, trabalhadores em transportes rodoviários, indústrias gráficas, indústrias químicas, indústrias dos metalúrgicos, construção civil e Sinsaúde – empresas de estabelecimentos de Saúde de Campinas e região.

Escrito por Chico Assessoria e Comunicação Sindical
Foto Chico Assessoria

Publicado em Geral | Comments Off

Dia Mundial em Memória das Vitimas de Acidentes e Doenças do Trabalho

Dia Mundial em Memória das Vitimas de Acidentes e Doenças do Trabalho:

Força realiza ação nesta sexta-feira em Marília.

A Força Sindical Regional Marília através dos sindicatos filiados, realiza nesta sexta-feira, dia 24 de abril, em Marília, panfletagem nas principais empresas da cidade e no final da tarde, na “ilha”, próximo ao terminal rodoviário urbano da cidade. Além da Força, o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador – CEREST de Marília também estará participando. A ação tem como principal objetivo chamar atenção dos trabalhadores para os acidentes de trabalho e as doenças relacionadas às atividades profissionais. “No dia 28 de abril, Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho e Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho diversos evento serão realizados a nível nacional. Nós, atendendo a coordenação estadual da central sindical, vamos estar realizando esse movimento, nesta sexta-feira, dia 24 de abril lembrou o coordenador Regional da Força Sindical e presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Marília, Irton Siqueira Torres.

Recebemos uma quantidade de boletins informativo referente ao Dia 28 de abril, chamamos todas as entidades filiadas e distribuímos uma quantidade para cada sindicato, que por sua vez, vai escolher uma empresa da base e fazer a panfletagem. No final da tarde, todos os sindicatos vão se reunir na “ilha” e então será entregue o material informativo à população, principalmente para trabalhadores e trabalhadoras que estejam à caminho do trabalho ou retornando dele .

Sobre a data
Em 28 de abril de 1969, a explosão de uma mina nos Estados Unidos matou 78 trabalhadores. A tragédia marcou a data como o Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho. Encampando essa luta, mas com foco na prevenção, a Organização Internacional do Trabalho instituiu em 2003 o dia 28 de abril como o Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho.
De acordo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), no mundo são 270 milhões de vítimas de acidentes de trabalho. 160 milhões sofrem com doenças profissionais. Por dia, morrem 5 mil pessoas em acidentes de trabalho, são três vidas a cada minuto. No Brasil são quase 4 mil mortes por ano em decorrência de acidentes de trabalho.
O direito universal à saúde é uma conquista da cidadania brasileira, garantida na Constituição Federal, em seu artigo 196, como “… um direito de todos e um dever do Estado garantido mediante políticas sociais e econômicas…”. A Saúde do Trabalhador está contemplada no âmbito deste direito na própria Carta Magna, disposta em seu artigo 200 como competência do Sistema Único de Saúde. Nesse sentido, as questões que associam saúde e trabalho deixam de se relacionar exclusivamente à relação entre trabalhador e empregador, passando a ser também um objeto da Saúde Pública.

 

Escrito por Chico Assessoria e Comunicação Sindical

Publicado em Geral | Comments Off

Força Sindical Regional Marília Realiza reunião em Maracaí preocupada com PL e MPs

A Força Sindical Regional Marília esteve reunida nesta sexta-feira, dia 10 de abril, às 9 horas, na sede do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Maracaí, localizado na av. José Bonifácio, 555, no centro da cidade.
Na pauta os sindicalistas manifestaram grande preocupação com o posicionamento da Câmara dos Deputados, que pautou para esta semana a apreciação e votação do PL 4330/04, de autoria do deputado Sandro Mabel, e das MPs 664 e 665, cujos conteúdos prejudicam sobremaneira os trabalhadores brasileiros. Os representantes dos trabalhadores querem a rejeição do projeto e das MPs pelos deputados federais e para isso a Força Regional Marília vai agendar reuniões com deputados federais e buscar um apoio para que votem contra essas MPs que vai tirar diversos direitos já adquiridos pelos trabalhadores, disse o coordenador regional da Força Sindical Marília Irton Siqueira Torres.
Para Claudines “Biuna” de Oliveira, vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias de Alimentação de Maracaí e coordenador adjunto da Força Regional Marília foi importante a realização da reunião em sua cidade. ” Precisamos fazer isso mesmo, temos que descentralizar as reuniões e procurar realizar em todas as cidades onde tenha sindicato filiado. Biuna lembrou também que nos próximos dias vai traçar um cronograma e visitar todos os sindicatos dos municípios próximos a cidade de Maracaí. ” Sabemos que tem muito sindicatos que não são filiados a nenhuma central e vamos conversar e tentar trazelos para a Força Sindical”, lembrou Claudines “Biuna” de Oliveira.
Outra questão discutida na reunião foi o evento do dia 28 de abril – Dia Mundial em Memória as Vitimas de Acidente de Trabalho. Nesta data a Força Sindical e sindicatos filiados vão realizar movimentos em suas bases. Marília, conforme disse o coordenador regional Irton Torres, está no aguardo de um material de divulgação que ficou de ser encaminhado pela central estadual. Assim que este material chegar na sede da regional, então será agendado uma data e uma panfletagem irá ocorrer em Marília e até em cidades da região.
Por sua vez o preside do Sindicato dos Trabalhadores nas Industrias de Alimentação de Maracaí, Pedro Cirino Franco agradeceu a presença de todos os sindicalistas na sede do sindicato e alertou que todas as categorias devem ficar atentas, uma vez que a todo momento estão surgindo fatos novos e sempre com o intuito de prejudicar o trabalhador. ” Primeiro foram as medidas 664 e 665. Agora veio a PL 433/04, que acabou desviando o foco das anteriores e assim vai surgindo outras e outras e quem acaba sempre pagando a conta são os trabalhadores ” ,disse Pedro Cirino Franco

Escrito por Chico Assessoria e Comunicação Sindical
Foto Chico Assessoria

Publicado em Geral | Comments Off